TRT-15 autoriza juiz de cada unidade manter número mínimo de servidores para atendimento emergencial

postado em: NOTÍCIAS, ÚLTIMAS NOTÍCIAS | 0

O Presidente e o Corregedor Regional do TRT-15, desembargadores Fernando da Silva Borges e Samuel Hugo Lima, assinaram na tarde de hoje, dia 28 de maio, Portaria GP-CR nº 07/2018, suspendendo a realização de audiências nas unidades de primeiro grau da Justiça do Trabalho da 15ª Região, nesta terça e quarta-feira, dias 29 e 30, em decorrência da crise de desabastecimento de combustível. Nas unidades nas quais houver dificuldade de comparecimento dos servidores para a prestação de serviços, o juiz responsável poderá autorizar o trabalho à distância, mantendo na unidade servidores em número suficiente ao atendimento emergencial. A suspensão de prazos processuais continua mantida.

O Sindiquinze protocolou requerimento semana passada solicitando a suspensão do expediente e dos prazos processuais, mas apenas os prazos foram suspensos e as audiências canceladas. Apesar do agravamento da crise, a Administração do TRT-15 entende que ainda não há necessidade de suspender totalmente o expediente na 15ª Região.

9 1visualizações hoje

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezesseis − cinco =