Centrais sindicais fazem ato nesta quarta-feira contra novo pacote de maldades de Bolsonaro/Guedes

postado em: NOTÍCIAS, ÚLTIMAS NOTÍCIAS | 0

As centrais sindicais (CUT, CTB, Força Sindical, UGT, CSB, CGTB, Nova Central, Intersindical, Conlutas e Intersindical Instrumento de Luta e Pública) realizam nesta quarta-feira, 13 de novembro, um ato contra o novo pacote de maldades apresentado pelo Governo Bolsonaro ao Senado Federal – o chamado plano ‘Mais Brasil’. A concentração será às 9 horas em frente ao Theatro Municipal, no centro de São Paulo.

No evento, haverá uma panfletagem e conversa com a população, com o objetivo de alertar a classe trabalhadora sobre as medidas do governo de Jair Bolsonaro (PSL) e seu ministro da Economia, o banqueiro Paulo Guedes, que, sempre beneficiam os empresários.

Além da reforma da Previdência, que dificulta o acesso aos benefícios previdenciários, eles agora querem criar a carteira verde e amarela com menos direitos trabalhistas, impedir novos investimentos em áreas essenciais para a população, reduzir jornadas e salários de servidores públicos e acabar com o aumento reajustes de benefícios sociais com base na inflação.

É disso que se trata o “Plano Mais Brasil”, apresentado na semana passada, composto por três propostas de emenda à Constituição (PECs) – a Emergencial, a de Fundos Públicos e a do Pacto Federativo que, segundo economistas, não melhora a economia e só aumenta a desigualdade no país.

Os sindicalistas e as sindicalistas vão dizer também à população que este pacote de maldades do Guedes é quase igual ao que foi implantado no Chile há décadas e que levou os chilenos às ruas há mais de um mês para pedir empregos, aposentadoria digna, ter dinheiro para viver dignamente e pagar contas de luz e água privatizadas, caras e inacessíveis.

Esta é a primeira de uma agenda de ações das centrais sindicais, porque a ideia é se mobilizar também nos bairros, nas comunidades, nas feiras e nas praças para dialogar com a população e, principalmente, com os desempregados.

172 1visualizações hoje

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 + treze =