Sindiquinze e Coletivo Reconstrução promovem ciclo de seminários sobre formação sindical e política

postado em: NOTÍCIAS | 1

O Sindiquinze e Coletivo Reconstrução – Sintrajud para Todos promoverão, a partir do mês de agosto, um ciclo de seminários virtuais de formação sindical e política para debater questões fundamentais sobre todos os aspectos que envolvem a luta por melhorias para os servidores e servidoras, e um dos objetivos é qualificar o próprio debate. A transmissão do evento será pelo Facebook e pelo canal do Youtube do sindicato.

Esta parceria entende que o processo formativo ajuda a qualificar o trabalho tanto de dirigentes como de servidores por possibilitar uma visão e atuação em comum em diversas esferas. Mesmo partindo do pressuposto que é de fundamental importância o foco nas pautas próprias da categoria, também é necessário e urgente a realização de cursos multidisciplinares para que, coletivamente, possam ser avaliados os posicionamentos em relação a nossa categoria e saber localizá-la no contexto geral das lutas em defesa dos servidores/as públicos. Basicamente é tomarmos ciência de qual lugar ocupamos, quais as forças e como elas atuam.

Não é possível separar mecanicamente as questões da categoria com as questões da política em geral, até porque esta separação contribui mais para a alienação do que para uma formação qualificada da categoria.

Programação

A escolha e sequência dos temas seguem uma lógica do geral para o especifico, para ajudar a ter essa compreensão do todo e, depois, das partes. Foram chamados palestrantes de diversas áreas do conhecimento para conectar elementos e discussões da política em geral com as pautas dos servidores.

08/AGO 
1) Situação da Classe Trabalhadora e dos/as Servidores/as Públicos no Brasil (19h) – para ajudar a entender como está a situação da classe trabalhadora brasileira e situar o servidor/a público nesse quadro, contaremos com a participação do economista e Professor Doutor da Unicamp, Márcio Pochmann, e da economista e professora Olívia Carolino.

SETEMBRO/2022
2) Servidores/as não votam em privatista (desenvolvendo uma agenda “anti-neoliberal”) – uma reflexão sobre como o neoliberalismo e seus defensores afetaram e afetarão diretamente os servidores e o serviço público.

NOVEMBRO/2022
3) Racismo/Patriarcado no Brasil e na Categoria – compreender o Racismo e o Patriarcado como questões estruturantes na sociedade brasileira e como a categoria não está isenta dessas reproduções. Nesse sentido, destaca-se a importância de um processo contínuo de desconstrução desses preconceitos e de certas condutas;

FEVEREIRO/2023
4) Pautas prioritárias da Categoria – Servidores(as) Públicos Federais; avaliar as diversas pautas gerais e especificas da categoria, em particular para os elementos que estão sendo discutidos no âmbito da Fenajufe e um foco em questões especificas dos técnicos (como é o caso do NS).

Para a Diretora de Imprensa e Comunicação do Sindiquinze, Daniela Villas Boas Westfahl, a meta é tornar a educação política uma atividade contínua. “Precisamos desmistificar a conotação negativa da política, que parte dos servidores ainda carrega. Se nós não nos envolvermos na política, alguém vai fazer isso por nós, e com interesses bem distintos. Então é hora de enriquecermos essa reflexão, com estudiosos, para que nossas opções sejam cada vez mais informadas e estudadas”, argumenta Daniela.

Por Antonio Pecht. Jr. e Leonardo Severo

Baixe agora o aplicativo SINDIQUINZE para celulares Android e IOS!
Veja como é simples e rápido ter todas as notícias, serviços prestados e benefícios oferecidos pelo sindicato, em um só lugar!
Aproveite e também atualize seu cadastro pelo APP!

894 1visualizações hoje

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezoito − 11 =