Após acordo, votação da Reforma Trabalhista no Plenário do Senado fica para o início de julho

postado em: NOTÍCIAS | 0

Um acordo entre os senadores que compõem a Comissão de Assuntos Sociais (CAS) do Senado, adiou para a próxima terça-feira, dia 13 de junho, a leitura do parecer do relator Ricardo Ferraço (PSDB/ES) favorável à “reforma” trabalhista. Com isso, a votação do projeto na CAS deve ocorrer no dia 20 de junho e seguirá para a Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ). Caso seja aprovado, o texto estará liberado para apreciação em plenário no início de julho.

O Sindiquinze é frontalmente contrário à proposta de “reforma” trabalhista apresentada pelo Governo Temer e que foi aprovada na Câmara dos Deputados, porque acaba com praticamente todos os direitos conquistados arduamente pela classe trabalhadora ao longo de décadas.

Com o acordo, o calendário previsto para a tramitação da “reforma” trabalhista é o seguinte:

– 13/06 (terça-feira): leitura do parecer na CAS;

– 20/06 (terça-feira): votação na CAS;

– 27/06 (terça-feira): leitura do parecer do senador Romero Jucá (PMDB/RR) na CCJ;

– 28/06 (quarta-feira): votação na CCJ;

– 04 e/ou 5/07: apreciação em Plenário. 

REDES SOCIAIS

A Fenajufe e o Sindiquinze conclamam os servidores a usarem as redes sociais com mensagens diretas e públicas no Facebook, Twitter, Instagram, G+ e outras e intensificarem a pressão sobre senadores e deputados, exigindo o voto contrário às reformas trabalhista e da Previdência.

46 1visualizações hoje

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 × 2 =