É hoje! Dia Nacional de Luta Contra as “Reformas”

postado em: BRASIL, DIREITOS, MOBILIZAÇÃO, NOTÍCIAS | 0

É hoje, 10 de novembro, o Dia Nacional de Luta contra as “reformas”, contra a retirada de direitos e os ataques diretos aos servidores e ao serviço público. oos servidores do PJU e MPU participarão da mobilização, organizada pelas principais centrais sindicais do País e também pelo Fórum Nacional dos Servidores Públicos (Fonasefe), da qual fazem parte a Fenajufe e o Sindiquinze. Nas redes sociais, durante todo o dia, os servidores devem usar a #DerrubaReforma.

Em Campinas, às 17h, haverá um ato no Largo do Rosário, no Centro. Informe-se sobre a mobilização em sua cidade e participe representando os servidores públicos. Além disso, assine o abaixo-assinado pela revogação da “reforma” trabalhista, que tem pontos de coleta em praticamente todo o Estado de São Paulo.

Clique AQUI e imprima o formulário para a coleta de assinaturas. É necessário o número do título de eleitor para a assinatura valer.

MOTIVOS NÃO FALTAM

Os protestos em todo o Brasil são uma resposta ao Governo Temer, que promove em ritmo acelerado o desmonte do Estado e a mais abrangente retirada de direitos da classe trabalhadora. Depois de gastar bilhões em dinheiro público para comprar o Congresso mais corrupto da história e se safar de duas denúncias com fartas provas de corrupção, Temer continua tendo como alvo o serviço público e os servidores. Está em andamento um grande projeto de privatização das empresas de setores essenciais do Estado (entre elas, Petrobrás, Banco do Brasil e Eletrobrás) e tudo a preço de banana, para agradar o capital internacional. Também continua tramitando o mais novo ataque do Governo Temer, agora diretamente contra os servidores: o PLS 116/17, que prevê demissão de servidor público efetivo por insuficiência de desempenho.

NÃO SE OMITA. REAJA ENQUANTO É TEMPO E PARTICIPE!

5 1visualizações hoje

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezenove + 10 =