Nota de Apoio à Oficiala de Justiça recebida a tiros em imissão na posse em Dracena

postado em: NOTÍCIAS, OFICIAIS DE JUSTIÇA | 0

O Sindiquinze presta todo apoio e solidariedade à Oficiala de Justiça do TRT-15, Priscila Silva Rios Cavalcante que, durante o cumprimento de mandado de imissão na posse na manhã desta terça-feira, em Dracena, foi alvo de tiros disparados pelo executado. Na ocasião, um policial militar foi alvejado na mão e o atirador foi morto na troca de tiros.

Segundo informações obtidas pela Assojaf-15, a Oficiala compareceu ao endereço constante no mandado para a execução da ordem judicial referente a uma Carta Precatória expedida pelo TRT da 2ª Região. Priscila, que estava acompanhada da arrematante e de dois policiais militares, foi recebida pelo executado Univaldo Buzati, de 72 anos, que teria tentado uma negociação para prolongar o tempo de permanência na propriedade.

Ao perceber que não teria sucesso, o homem entrou na residência e voltou minutos depois com um celular em mãos para atrair a atenção da arrematante, quando puxou uma arma, atirando na direção da nova proprietária do imóvel.

Policiais Militares que apoiavam a ação interviram, sendo que um deles foi baleado na mão. Em resposta à agressão, os PMs atiraram contra Buzati que foi atingido na região da coxa e não resistiu ao ferimento.

Em nota, a Polícia Civil de Dracena informou que Univaldo Buzati era Investigador de Polícia aposentado e que faleceu por causa de uma hemorragia. Além das polícias militar e civil, a Polícia Técnico Científica também esteve no local.

O Sindiquinze repudia qualquer tipo de violência praticada contra servidores públicos no exercício da função e lamenta a ocorrência de crimes como o de hoje.

Com informações da Assojaf 15.

65 1visualizações hoje

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

oito − dois =