Presidente do Senado confirma PEC Emergencial na pauta desta quinta-feira e afirma que adiamento da votação ainda é possível

postado em: NOTÍCIAS, ÚLTIMAS NOTÍCIAS | 0

O presidente do Senado Rodrigo Pacheco confirmou nesta quarta-feira (24), que a PEC Emergencial (PEC 186/2019) está mantida na pauta da sessão deliberativa do Senado de quinta-feira (25). No entanto, ele afirmou que ainda há a possibilidade de que a discussão sobre o texto seja iniciada e a votação só ocorra na próxima semana.

“Houve um apelo ontem [terça-feira] de alguns senadores pelo adiamento. Nós recebemos hoje [quarta-feira] também diversos segmentos sociais [com pedidos] nesse sentido, para poder ter um tempo de reflexão. Vamos, agora, nesta sessão [de quarta-feira], ter uma oportunidade de dar a fala a outros senadores, inclusive ao líder do governo no Senado, Fernando Bezerra, para a gente fazer essa abordagem. Mas a princípio [a PEC Emergencial] está mantida na pauta de quinta-feira”, disse Pacheco.

Na manhã desta quarta-feira, parlamentares do PT e líderes de centrais sindicais, em reunião com o presidente do Senado, solicitaram o adiamento da votação dessa PEC.

Uma reunião de líderes partidários do Senado para a discussão sobre o possível adiamento da votação da PEC Emergencial está marcada para a manhã da quinta-feira.

MOMENTO É DE PRESSÃO JUNTO AOS SENADORES DE SÃO PAULO! MOBILIZE-SE!!

Diante da necessidade de extrema mobilização contra as pautas que atingem o serviço público, o Sindiquinze conclama a participação de toda a categoria na atuação, via pressão junto aos parlamentares. A votação da PEC Emergencial no Senado faz parte da Reforma Administrativa, que na verdade se trata de uma Reforma de Estado e de quebra do pacto da Constituição de 1988.

Por este motivo, a intervenção junto aos senadores da bancada paulista é fundamental nesta luta!

Mande mensagens para os parlamentares para que votem NÃO!

Abaixo, segue uma sugestão:

Senhor(a) senador(a),

Nós, servidoras e servidores públicos em São Paulo, defendemos a aprovação do auxílio emergencial como medida essencial de humanidade ante a pandemia de Covid-19. No entanto, não aceitamos que nossos salários e os investimentos em áreas fundamentais para o povo brasileiro sejam utilizados como barganha. Há recursos para garantir os salários e os direitos dos servidores públicos, assim como há dinheiro para garantir uma renda básica para a população mais vulnerável.

Somos contra a aprovação das propostas de emenda à Constituição 186/19 e 188/19. Entre outros pontos, as medidas na retirada de direitos dos funcionários públicos, além de corte investimentos mínimos em áreas fundamentais, como saúde e educação.

Não vote contra os serviços públicos, prestados ininterruptamente à população que tanto necessita, principalmente neste momento de crise sanitária. Vote NÃO à PEC Emergencial (186/19) e à PEC 188/19.

A aprovação dessas matérias acarretará prejuízos sem tamanho para todos os cidadãos brasileiros!

Confira abaixo os contatos:

SENADOR JOSÉ SERRA (PSDB)

E-mail: sen.joseserra@senado.leg.br
Contato Gabinete em SP: http://www.joseserra.com.br/imprensa-e-contato/
Facebook: https://www.facebook.com/JoseSerraOficial
Twitter: https://twitter.com/joseserra
Instagram: https://www.instagram.com/_joseserra/
Linkedin: https://www.linkedin.com/in/serra45
Telefone: (11) 3087-1450 ou (61) 3303-6651

SENADOR MAJOR OLIMPIO (PSL)

E-mail: sen.majorolimpio@senado.leg.br
Facebook: https://www.facebook.com/olimpio.major/
Twitter: https://twitter.com/majorolimpio
Instagram: https://www.instagram.com/majorolimpio
Telefone: (61) 3303-4177

SENADORA MARA GABRILLI (PSDB)

E-mail: sen.maragabrilli@senado.leg.br
Contato Gabinete em SP: https://maragabrilli.com.br/contato
Facebook: https://www.facebook.com/maragabrilli
Twitter: https://twitter.com/maragabrilli
Instagram: https://www.instagram.com/maragabrilli
Telefone: (11) 96673-0457

Por Caroline P. Colombo

 

15 1visualizações hoje

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quatro × dois =