Assembleia aprova contas do Sindiquinze e proposta orçamentária para o próximo ano

postado em: NOTÍCIAS | 0

O Sindiquinze realizou, na tarde do último sábado (24), Assembleia Geral Ordinária de Prestação de Contas. Diante das restrições impostas pela pandemia da Covid-19, a deliberação ocorreu de maneira virtual, através da plataforma Zoom.

Na abertura, o presidente Ivan Bagini explicou que, devido à crise sanitária instaurada desde março de 2020, o sindicato não conseguiu, no ano passado, realizar a assembleia para análise das contas. “Tivemos muitas dificuldades em nos adaptar às tecnologias e era impossível fazer com que o Conselho Fiscal analisasse toda a documentação remotamente. Mas, felizmente neste ano conseguimos fazer a Assembleia virtual e apresentar as contas do sindicato aos associados”, enfatizou.

O presidente do Conselho Fiscal, Valdir Bezerra de Lima, explicou que a primeira reunião para a conferência dos balancetes foi promovida em agosto de 2020, sendo o último encontro na manhã do sábado (24).

Em seguida, efetuou a leitura dos pareceres referentes às contas dos anos 2019 e 2020, ambas indicadas “dentro dos padrões da normalidade, não havendo nada que impeça a aprovação”.

Os pareceres do Conselho Fiscal foram aprovados pela unanimidade dos participantes da Assembleia.

 

Proposta orçamentária – A Assembleia do sábado ainda aprovou as Propostas Orçamentárias do Sindiquinze para os anos de 2021 e 2022. Neste item, o diretor tesoureiro Zé Aristéia enfatizou que, mesmo em tempos de pandemia, o sindicato dos servidores do TRT da 15ª Região tem feito investimentos para beneficiar os sindicalizados, como é o caso da continuidade das obras da colônia de férias em Barra Bonita.

Zé Aristéia também parabenizou a condução dos trabalhos desempenhada pela atual gestão, “que precisou se reinventar diante das dificuldades trazidas pela pandemia. No entanto, o Sindiquinze se manteve com uma gestão patrimonial saudável, integrando investimentos na luta pela categoria e em favor do associado”, finalizou.

O conselheiro Thiago Martins também parabenizou a atual diretoria, principalmente quanto à criação e trabalho desenvolvido através do Núcleo de Solidariedade no que considerou “uma ação política, com trabalho efetivo em prol da sociedade, e de luta”.

“Para o Sindiquinze, esse trabalho social é parte fundamental das ações encampadas pela entidade”, completou o presidente Ivan Bagini.

Os pareceres do Conselho Fiscal, bem como as propostas orçamentárias aprovadas no último sábado, serão disponibilizados aos associados via Área Restrita desta página eletrônica.

Por Caroline P. Colombo

79 1visualizações hoje

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

catorze − 10 =