Pedido de vista adia julgamento sobre Poder de Polícia para Agentes da Justiça do Trabalho

Pedido de vista apresentado pelo conselheiro Sergio Murilo adiou a análise do processo CSJT-NA-2701-74.2021.5.90.0000, que trata sobre a regulamentação do Poder de Polícia, a Segurança Institucional, o porte de arma institucional e a Gratificação da Atividade de Segurança no âmbito da Justiça do Trabalho de 1º e 2º graus.

O tema esteve em pauta na sessão do Conselho Superior da Justiça do Trabalho (CSJT) desta sexta-feira (24), porém não foi julgado. Segundo o conselheiro, a ideia é apresentar sugestões para os temas tratados no processo.

O Sindiquinze se mantém atento aos interesses dos Agentes do TRT-15 e a regulamentação do poder de polícia na Justiça do Trabalho.

Por Caroline P. Colombo

Baixe agora o aplicativo SINDIQUINZE para celulares Android e IOS!
Veja como é simples e rápido ter todas as notícias, serviços prestados e benefícios oferecidos pelo sindicato, em um só lugar!
Aproveite e também atualize seu cadastro pelo APP!

404 5visualizações hoje

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três × dois =