Mulheres repudiam assédio e protagonizam protesto acalorado no 11º Congrejufe

postado em: MULHERES, NOTÍCIAS | 0

O final da tarde desta quinta-feira (28) foi marcado por uma prática intolerante no 11º Congresso Nacional da Fenajufe. A informação de que funcionárias do hotel e colaboradoras haviam sofrido assédio por parte de um dos participantes do Congrejufe chocou a todas e todos.

Diante do fato condenável, as mulheres participantes de forma presencial lotaram o palco do plenário pedindo respeito e apuração rigorosa do caso. Em falas fortes e arrebatadoras, elas exigiram o fim da prática nas instâncias não só da Federação, mas também em todo PJU e MPU.

Houve manifestações de indignação também das participantes do Congrejufe no formato virtual.

Importante ressaltar que a Fenajufe repudia com veemência toda e qualquer forma de opressão. Seja ela apresentada através do assédio moral ou sexual, do racismo, da lgbtfobia e demais violências.

Conforme o artigo 216-A do Código Penal, assédio sexual é crime. E como crime deve ser tratado. A prática nos ambientes das entidades de classe é inadmissível e deve ser combatido.

O Sindiquinze está em Alexânia e integrou o protesto das participantes em plenário. Segundo a diretora de imprensa e comunicação Daniela Vilas Boas Westfahl, as mulheres presentes no Congrejufe ficaram revoltadas e entristecidas com esse lamentável episódio, “mas não surpresas, pois sabemos como opera o machismo estrutural. Estrutural não significa algo que não é de responsabilidade de ninguém, mas, pelo contrário, algo que é responsabilidade de todos, especialmente dos homens, claro. Se esses homens se sentiram autorizados a agir assim é porque há uma cultura que tolera, normaliza, e às vezes até incentiva.

Essa cultura só pode ser mudada com um esforço coletivo e o nosso sindicato deve ser um agente incansável desse esforço.

Temos convicção de que a reação no âmbito da federação será contundente e deixará claro que quem faz isso não é nosso companheiro e não terá espaço para agir desta forma”.

A manifestação precede o debate de pautas femininas programado para ocorrer no final desta sexta-feira (29).

Por Caroline P. Colombo com informações e foto da Fenajufe

Baixe agora o aplicativo SINDIQUINZE para celulares Android e IOS!
Veja como é simples e rápido ter todas as notícias, serviços prestados e benefícios oferecidos pelo sindicato, em um só lugar!
Aproveite e também atualize seu cadastro pelo APP!

347 3visualizações hoje

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco × 5 =