Advocacia da Câmara dos Deputados também confirma constitucionalidade do NS para os Técnicos Judiciários

A Advocacia da Câmara dos Deputados também emitiu parecer em que confirma a legalidade do Nível Superior para ingresso na carreira de Técnico Judiciário.

Segundo o jurídico da Câmara, “do ponto de vista do processo legislativo, a proposição obedeceu aos trâmites constitucionais e regimentais inerentes à espécie”. O PL originou a Lei 14.456/22, que estabeleceu o NS como requisito de ingresso para o cargo de Técnico no Poder Judiciário da União.

A manifestação da Câmara e Senado Federal sobre o projeto ocorreu por solicitação do ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), relator da Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) nº 7.338/DF contra o nível superior para os técnicos. A ação foi ajuizada por uma associação nacional contestando o NS na Lei 14.456/22.

O Sindiquinze e outras entidades como a Fenajufe foram admitidas como amicus curiae na ADI.

Por Caroline P. Colombo com informações da Fenajufe

Baixe agora o aplicativo SINDIQUINZE para celulares Android e IOS!
Veja como é simples e rápido ter todas as notícias, serviços prestados e benefícios oferecidos pelo sindicato, em um só lugar!
Aproveite e também atualize seu cadastro pelo APP!

 

507total visits,2visits today

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 × cinco =