Diretoria do Sindiquinze se reúne com a presidência do TRT e aborda temas de interesse dos servidores

postado em: NOTÍCIAS | 0

A diretoria do Sindiquinze, representada pelo presidente Zé Aristéia e pelos diretores Fauzi El Kadri Filho, Joaquim Castrillon, Liliam Maria de Camargo e Viviam Oliveira da Silva Cantalejo, se reuniram, na tarde desta quinta-feira (18), com o presidente do TRT da 15ª Região, Desembargador Samuel Hugo Lima.

Além dele, a Juíza Auxiliar da Presidência, Dra. Daniela Macia Ferraz Giannini, também acompanhou o encontro.

O objetivo foi apresentar a nova gestão do sindicato e destacar a atuação do Sindiquinze em prol das pautas das servidoras e servidores do TRT-15. O presidente Zé Aristéia agradeceu Dr. Samuel pela receptividade com a diretoria e enfatizou o fácil trato estabelecido com a atual Administração do Tribunal.

Dr. Samuel Hugo Lima afirmou que as portas do gabinete da presidência estão sempre abertas para a entidade e se colocou à disposição para atuar no que estiver dentro das possibilidades enquanto gestor.

PAUTAS DOS SERVIDORES

A criação de cargos na 15ª Região foi o primeiro tema pautado no encontro desta quinta-feira. Na ocasião, Zé Aristéia lembrou da atuação do sindicato pelo andamento e aprovação do PL 8.256/2014, que dispõe sobre a criação de 356 cargos de Analista Judiciário, Área Judiciária; 90 cargos de Analista Judiciário, Área Judiciária – Oficial de Justiça Avaliador Federal; 147 cargos de Analista Judiciário, Área Administrativa; e 380 cargos de Técnico Judiciário para o Quadro de Pessoal do TRT-15 e ressaltou a necessidade de uma atividade conjunta do Sindiquinze e TRT-15 junto ao Conselho Superior da Justiça do Trabalho para a garantia de mais servidores para o Regional.

O diretor Joaquim Castrillon chamou a atenção para o déficit histórico de servidores na 15ª e lembrou sobre as metas impostas pelo Conselho Nacional de Justiça, que sobrecarregam o quadro.

Liliam Camargo destacou a precarização da saúde mental da categoria, diante do aumento na quantidade de trabalho na Justiça do Trabalho como um todo.

Neste sentido, Fauzi El Kadri Filho enfatizou que “o déficit é adoecedor” e mencionou a pesquisa feita junto aos servidores como parte de um trabalho de doutorado que apontou 40% do quadro com algum sofrimento psíquico. Para o diretor de comunicação e imprensa do Sindiquinze, é fundamental que a Administração esteja mais próxima do servidor, através do contato direto e a realização de eventos em conjunto com o sindicato.

A diretora Viviam Cantalejo enalteceu o alto nível de capacitação da 15ª Região e a importância da humanização e do pertencimento para a melhoria na atuação de todos os servidores e magistrados.

Dr. Samuel relembrou as 203 nomeações ocorridas em 2023 e disse que a recomposição do quadro é um tema de interesse mútuo. “No entanto, é preciso saber o que é possível fazer dentro da nossa realidade orçamentária”, ponderou.

O presidente do Sindiquinze sugeriu a realização de uma audiência entre a Administração, o sindicato e o relator do PL, deputado federal Jilmar Tatto (PT/SP), “para que possamos nos alinhar e atuar conjuntamente para que tenhamos a anuência do CSJT em relação à criação dos cargos”, o que foi prontamente acordado pelo Desembargador.

Outros temas abordados foram a campanha nacional Antecipa STF pela antecipação da parcela do reajuste salarial dos servidores de 2025 para este ano, além de uma ação conjunta pela preservação do rio Tietê. “Nós estamos prestes a inaugurar uma segunda colônia de férias do Sindiquinze, a de Barra Bonita, e precisamos fazer um trabalho de preservação desse que é o principal rio que corta o estado de São Paulo”, afirmou Joaquim Castrillon.

A ideia ambiental também foi bem recebida pelo presidente do Tribunal.

Por fim, a diretoria falou sobre a sede do Fórum Trabalhista de Franca que encontra-se fechada há mais de seis meses por motivos de problemas estruturais no prédio. Dr. Samuel disse que já está tomando as providências em relação ao local e que até o mês de março o Fórum da cidade de Franca deve voltar a funcionar.

Na avaliação dos diretores, este primeiro encontro com o presidente do Tribunal foi bastante satisfatório diante da receptividade e da atenção dada aos temas que envolvem a melhoria no trabalho e no dia a dia do servidor da 15ª Região. “O Dr. Samuel é um Desembargador de trato fácil, um democrata, que terá uma estreita relação com o Sindiquinze nos temas de interesse dos servidores”, finaliza o presidente Zé Aristéia.

Por Caroline P. Colombo

Baixe agora o aplicativo SINDIQUINZE para celulares Android e IOS!
Veja como é simples e rápido ter todas as notícias, serviços prestados e benefícios oferecidos pelo sindicato, em um só lugar!
Aproveite e também atualize seu cadastro pelo APP!

775total visits,1visits today

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

oito − 2 =