Assembleia aprova paralisação no dia 30 de junho contra as “reformas”

postado em: MOBILIZAÇÃO, NOTÍCIAS | 0

Os associados do Sindiquinze aprovaram hoje, dia 20 de junho, em Assembleia Geral Extraordinária como parte do “Esquenta” para a Greve Geral, a paralisação do expediente no próximo dia 30 de junho, data da Greve Geral convocada pelas centrais sindicais e movimentos sociais contra as “reformas” do Governo Temer. A aprovação ocorreu no mesmo dia da primeira derrota do governo em votações no Congresso. No início da tarde, a Comissão de Assuntos Sociais (CAS) do Senado rejeitou, por 10 votos a 9, o relatório da reforma trabalhista elaborado pelo senador Ricardo Ferraço (PSDB-ES), que era favorável ao texto aprovado pela Câmara.

MOBILIZAÇÃO

Com a paralisação aprovada pela ampla maioria na 15ª Região, agora é nossa responsabilidade construir a greve geral em cada local de trabalho, fazendo o convencimento de cada colega, servidor ou servidora, diante da conjuntura de ataques aos nossos direitos. O Sindiquinze orienta os servidores e servidoras a buscarem informações sobre as “reformas” fora da grande mídia, que apoia o Governo e a retirada de direitos em massa. Não podemos permitir que um governo ilegítimo imponha o maior retrocesso em termos de direitos dos trabalhadores e trabalhadoras, dos setores público e privado.

TODOS SERÃO ATINGIDOS! TODOS DEVEMOS LUTAR! 

30/06 – VAMOS PARAR PARA BARRAR AS “REFORMAS”

34 1visualizações hoje

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

10 + dezessete =