No Dia do Trabalhador, muito pouco a se comemorar…

postado em: NOTÍCIAS, ÚLTIMAS NOTÍCIAS | 0

Neste 1º de maio de 2018, Dia do Trabalhador, o Sindiquinze cumprimenta todos os servidores e servidoras da 15ª Região, mas destaca que há muito pouco a se comemorar. A retirada de direitos em massa, tanto no setor público como dos trabalhadores em geral, promovida pelo Governo Temer nos últimos dois anos agravaram a situação econômica e aumentaram a desigualdade em um país já tão desigual.

A “reforma” Trabalhista tinha como objetivo principal, pelo menos, no discurso do governo, de promover a geração de empregos, e o último dado oficial é que o desemprego aumentou e atinge quase 14 milhões de pessoas em idade economicamente ativa. A EC 95/16, que congelou gastos públicos por 20 anos, está comprovando na realidade o que realmente é: uma aberração, com congelamento de salários, não reposição de servidores públicos que se aposentam e cortes e mais cortes em investimentos, tudo para beneficiar os grandes conglomerados financeiros com pagamento de juros da dívida pública.

A “reforma” da Previdência, que está adormecida, mas não esquecida pelo Governo, requer alerta máximo por parte da classe trabalhadora, da qual fazem parte dos servidores públicos.

O Sindiquinze continua firme e forte na luta contra a retirada de direitos e reafirma o compromisso de lutar contra as injustiças patrocinadas por este governo ilegítimo.

33 1visualizações hoje

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quatro × 4 =