Rodada de assembleias aprova participação na Greve Nacional de 18 de Março

postado em: MOBILIZAÇÃO, NOTÍCIAS | 0

A rodada de assembleias em todos os fóruns trabalhistas da 15ª Região chegou ao fim hoje, dia 28 de fevereiro, com a realização da assembleia em Campinas. O resulto final foi a aprovação, por 69% dos participantes, da participação na Greve Nacional do dia 18 de março, quando servidores públicos das três esferas vão se mobilizar contra a retirada de direitos promovida pelo Governo Bolsonaro.
Houve ainda 3% de votos contrários à paralisação e 28% de abstenções.

O 18 de Março será um dia de mobilização e greve nacional contra a aliança do Governo com o Congresso visando a destruição e roubo dos direitos dos trabalhadores, com a aprovação das PECs 186, 187 e 188, que fazem parte do Plano “Mais Brasil”, somadas à ‘Reforma’ Administrativa e à Medida Provisória 905, que aprofundam o desmonte do Estado e aniquilam os serviços públicos e os servidores.

A paralisação do trabalho neste dia consta no calendário de lutas definido na Plenária Nacional dos Servidores Públicos, convocada pelas Centrais Sindicais, que reuniu lideranças e entidades de todo o país, em novembro do ano passado, em Brasília, reunião que contou com a participação do Sindiquinze. A adesão dos servidores do Judiciário e MPU à greve de 18 de março também foi aprovada na reunião ampliadinha da Fenajufe, em 7 de dezembro, para ser confirmada pela categoria nas assembleias em todo o País.

Dentre as maldades pretendidas pelo Governo Bolsonaro está o fim da estabilidade do servidor público e a possibilidade de redução da jornada de trabalho com redução de salários.

O Sindiquinze convoca você, servidor e servidora, para participar da Greve Nacional de 18 de Março.

Mobilize-se! Defenda-se a si mesmo e aos seus companheiros. Lute pelos seus direitos! 18M para tudo!!!

14 1visualizações hoje

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três × 5 =