Sessão da CCJ que analisaria PEC Emergencial é cancelada e matéria pode ser debatida na próxima semana

postado em: NOTÍCIAS, ÚLTIMAS NOTÍCIAS | 0

Foi cancelada a reunião da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) prevista para esta quarta-feira (18). A decisão foi tomada como medida de prevenção ao coronavírus. Está mantida a próxima reunião presencial, na próxima quarta-feira (25). A presidente da CCJ, senadora Simone Tebet (MDB/MS), anunciou que será possível realizar outras reuniões da comissão, na forma remota anunciada nesta terça (17), para analisar projetos urgentes destinados a amenizar os efeitos da crise de saúde pública e econômica causada pela propagação do coronavírus.

A senadora ressaltou que o ato da Mesa do Senado tratando das reuniões remotas é “mais uma ferramenta à disposição do país neste momento de excepcionalidade de epidemia, para que, em casos urgentes de projetos relevantes para conter e para combater o coronavírus”, seja possível criar um Plenário virtual, seja para sessões deliberativas com o conjunto de todos os senadores, seja para reuniões das comissões permanentes.

Sobre a PEC Emergencial que seria analisada nesta quarta-feira, a senadora informou que, assim como vários outros projetos que se encontram na CCJ, a matéria não se enquadra nos requisitos do ato baixado pela Mesa. “Portanto, não se dará, seja sua leitura, debate ou votação, em ambiente virtual”, afirmou Simone.

A presidente da CCJ já tinha anunciado na segunda-feira (16) o cancelamento de duas audiências públicas agendadas para a terça, destinadas a instruir a PEC 186/2019, conhecida PEC Emergencial. A proposta altera o texto permanente da Constituição e o Ato das Disposições Constitucionais Transitórias, com medidas permanentes e emergenciais de controle do crescimento das despesas obrigatórias. Entre as ações, está a redução de 25% da jornada de trabalho, com consequente diminuição de salários, dos servidores públicos.

Os cancelamentos cumprem dois atos administrativos do presidente do Senado, Davi Alcolumbre, que preveem ações de contenção ao novo coronavírus. Os atos restringem as atividades legislativas do Senado a reuniões deliberativas, tanto nas comissões quanto em Plenário, enquanto perdurarem as medidas de contenção à covid-19.

Fonte: Senado Federal, editado por Caroline P. Colombo

9 1visualizações hoje

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezoito − seis =