“Sindiquinze Solidário” distribui toneladas de alimentos e kits de higiene; campanha continua, participe!

O presidente do Sindiquinze, Ivan Bagini, e o conselheiro fiscal da entidade, Thiago dos Reis Martins, distribuíram pessoalmente esta semana as primeiras toneladas arrecadadas na campanha “Sindiquinze Solidário”. Foram cerca de 300 cestas básicas e 300 kits de higiene. As servidoras Antonia Ana Dina Lopes, Simone Mouta e Evandra Macedo também ajudaram na distribuição. A campanha continua e nas próximas semanas a sua contribuição pode chegar para quem mais precisa.

O primeiro projeto beneficiado foi o “Tive Fome”, um coletivo que distribui cestas básicas para famílias carentes da periferia de Campinas. Outro ONG que recebeu cestas e kits foi a “Quilombo de Maria”, coletivo que serve marmitas a moradores de rua na região central de Campinas. A coordenadora do coletivo, Danielle Gusmão, agradeceu emocionada a doação. “Estamos muito felizes com a doação das cestas e kits porque é muito importante não faltar alimentos na mesa do próximo”, afirmou ela. Segundo ela, muitas famílias procuram o Quilombo a qualquer hora do dia, da noite e da madrugada e a ação do Sindiquinze vai poder ajudar 43 famílias assistidas pela entidade desde antes a pandemia.

O Banco de Alimentos LGBT+ Campinas, criado em 23 de março deste ano pela UNA LGBT Campinas, também recebeu uma grande quantidade de cestas. A iniciativa, sem fins lucrativos e baseada no voluntariado, tem como objetivo angariar doações para distribuição entre pessoas LGBT+ em situação de vulnerabilidade, com especial atenção a comunidade de travestis e transexuais durante o período de pandemia. Para Fabricio de Moraes, presidente da UNA Campinas, é fundamental que iniciativas como a da direção do Sindiquinze se multipliquem porque a pandemia do novo coronavírus evidenciou ainda mais as desigualdades. “Nosso papel, enquanto agentes de transformação social, é reduzir com solidariedade e generosidade a fome do maior número de pessoas”, afirma Fabrício.

A “Compaixão Aquece”, coletivo que distribui marmitas duas vezes por semana na região central e na periferia de Campinas, também recebeu a solidariedade dos associados e associadas do Sindiquinze. Além de levar comida de ótima qualidade, com cardápio variado que inclui até sobremesa, o coletivo retira moradores de rua com uma Kombi e traz para sua sede, onde podem tomar banho e vestir roupas limpas, além de serem alimentados. A ONG também tenta encontrar algum parente dos moradores de rua. Segundo um dos líderes da entidade, Sérgio Junior, em breve haverá um espaço para cortar cabelo e também um refeitório. A cozinha do local, muito bem equipada, foi feita 100% com doações.

Por último, o Sindiquinze foi informado por um voluntário de uma das entidades que a líder de uma ocupação no bairro Guanabara, Rosa Alice Brito Araújo, estava desesperada por cestas básicas. Em duas semanas arrecadando alimentos ela havia conseguido montar apenas cinco cestas básicas. Ao chegar ao prédio ocupado, que está em processo de regularização pelo movimento Grito por Moradia, a simpática senhora aguardava a doação. Imaginando que a destinação das cestas seria a própria ocupação, foi com grande surpresa dos interlocutores que Rosa Alice esclareceu. “Eu arrecado alimentos e distribuo para famílias muito carentes da comunidade Fênix-Itatiaia”, afirmou ela, referindo-se à invasão às margens da Rodovia Magalhães Teixeira, na divisa de Campinas com Valinhos. Além disso, ela própria costura máscaras e pijamas infantis, feitos com tecidos doados, também para distribuir na comunidade.

O Presidente do Sindiquinze, Ivan Bagini, afirmou que é extremamente importante poder encabeçar essa campanha num momento tão delicado como esse. “Pudemos verificar in loco a necessidade real de inúmeras pessoas que estão passando enormes dificuldades materiais durante a pandemia e poder fazer algo concreto por essas pessoas. Está sendo uma experiência humana extremamente gratificante. Quero agradecer a todos os associados e associadas que fizeram suas doações, ajudando o Sindiquinze a fazer a diferença dentro desse panorama social devastador. Continuem doando que o Sindiquinze continuará dobrando a solidariedade”, afirma Ivan.

A CAMPANHA CONTINUA!!! Participe você também!

Na campanha, iniciada em 1º de maio, o Sindiquinze dobra o número de cestas doadas pelos associados. O valor de cada cesta básica é de R$59,00 e, caso queira, o doador indica qual instituição ou projeto receberá os mantimentos.

Os depósitos deverão ser feitos na conta do Banco do Brasil Ag: 2857-6 conta 6406-8, CNPJ: 57.503.922.0001-39 em nome do Sindicato Servidores Públicos Federias da Justiça do Trabalho 15º Região. Os comprovantes dos referidos depósitos deverão ser enviados ao e-mail financeiro@sindiquinze.org.br, para que seja possível identificar a origem do doador, bem como o destino das cestas básicas definido pelo associado ou associada.

75 1visualizações hoje

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois × três =