Homenagem aos mais de 600 mil mortos pela Covid-19 no Brasil é marcada pela emoção

postado em: NOTÍCIAS, SOLIDARIEDADE | 0

Um ato singelo, mas muito emocionante. Assim foi a homenagem feita na manhã do último sábado, dia 6 de novembro, pelo Sindiquinze e pela Paróquia São Marcos, o Evangelista, de Campinas, em memória às mais de 600 mil vidas perdidas pela Covid-19 no Brasil.

O Padre Antonio Rodrigues Alves, que comanda a paróquia da região, que tem 7 igrejas e abriga mais de 70 mil pessoas no entorno, fez uma breve celebração, onde destacou a falta que cada vida perdida faz no núcleo de cada família. “Estas pessoas não devem ser esquecidas para que não se repita novamente uma tragédia como esta. A melhor atitude que temos é nos unir, na fé, para quem professa alguma fé, nos unir por meio da solidariedade. Todos temos alguém da família, algum amigo ou alguém próximo que sofreu com a Covid ou morreu pela Covid, já não são só mais números”, afirmou o pároco.

A canção “Amanhã”, de Guilherme Arantes, foi entoada no evento enquanto os presentes depositavam rosas na placa em homenagem aos mortos, fixada na praça que sediou o evento, às margens da Rodovia Dom Pedro. Na placa consta: “Homenagem do Sindiquinze e da Paróquia São Marcos, O Evangelista, aos mortos por covid-19 nos anos de 2020 e 2021. Que nunca sejam esquecidos. Que jamais se repita.”

O Presidente do Sindiquinze, Ivan Bagini, destacou o ato transcendia a natureza política e religiosa, era um ato de cunho espiritual. “Todos aqui estamos sonhando com um Brasil diferente do que está posto neste momento, onde a esperança renasça novamente. É um momento de recordar dos que pereceram durante esta crise sanitária”, disse o dirigente.

Em seguida, os participantes plantaram seis mudas de ipês brancos como última e eterna homenagem aos mortos. “Este pequeno ato nosso, é um ato de memória, antes de tudo. Daqui a dez anos, quando alguém passar por este lugar, que as pessoas vejam estes seis ipês floridos e lembrem destas vidas que foram perdidas. Coletivamente é uma perda da sociedade – todos nós perdemos estas 600 mil pessoas. Esta lembrança é importante para que a gente dignifique a nossa própria vida, pra que a solidariedade e o amor ao próximo sejam aprofundados pela memória das pessoas que se foram”, afirmou, emocionada, a Diretora de Imprensa e Comunicação do Sindiquinze, Daniela Villas Boas Westfahl, idealizadora do evento.

Confira os vídeos completos da cerimônia no Facebook do Sindiquinze.

 

 

Por Antonio Pecht Jr. 

Baixe agora o aplicativo SINDIQUINZE para celulares Android e IOS!
Veja como é simples e rápido ter todas as notícias, serviços prestados e benefícios oferecidos pelo sindicato, em um só lugar!
Aproveite e também atualize seu cadastro pelo APP!

380 1visualizações hoje

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

16 − 3 =