Webinar sobre Vulnerabilidade e Saúde Mental marca início dos grupos de psicoterapia do Sindiquinze

postado em: SAÚDE | 0

Inscrições para grupos de psicoterapia serão recebidas até 14 de março.

O Sindiquinze realizou, na noite desta terça-feira (22), o Webinar Vulnerabilidade e Saúde Mental: A exigência de sermos felizes e produtivos o tempo todo está nos adoecendo.

O objetivo foi debater a importância de se ter contato com a própria vulnerabilidade, diante das diversas imposições trazidas pelo trabalho ou nos relacionamentos interpessoais.

O evento, com a psicóloga Marielle Kellermann Barbosa, também marcou a apresentação do programa de Saúde Mental do Sindiquinze, implementado desde o ano passado, com a realização de sessões gratuitas para os associados interessados.

Na abertura, o presidente Ivan Bagini relembrou o trabalho desempenhado em 2021 pela parceria com a Dynami Saúde Mental e Corporativa para o atendimento remoto aos servidores filiados. As reuniões ocorreram quinzenalmente em quatro grupos de psicoterapia.

“Nós tivemos uma resposta muito positiva por parte do nosso quadro de associados. Agora em 2022 nós vamos iniciar o novo formato, que será semanal, e as adesões não param de acontecer”, destacou.

A diretora de comunicação Daniela Villas Boas Westfahl chamou a atenção para os resultados obtidos no ano passado, que tem feito com que o Sindiquinze se torne “um lugar seguro para os nossos associados. E é preciso desmistificar o tema da saúde mental e estamos muito felizes por sermos um dos primeiros sindicatos a fazer esse tipo de atividade”.

Em seguida a psicanalista tratou sobre a vulnerabilidade que, segundo ela, está presente desde as primeiras horas de vida do indivíduo. “Todos nós trazemos no nosso inconsciente marcas desses primeiros momentos da vida, de quando éramos bebês, em completo desamparo”, disse.

De acordo com Marielle, com o advento das tecnologias, tem-se a falsa sensação de que as pessoas precisam estar felizes o tempo todo, “em um modelo de saúde, de beleza e de sucesso que é vendido pelas redes sociais. Todo mundo virou o modelo e o produto da própria vida”.

A psicóloga também enfatizou que, ao longo de toda a vida, o ser humano cria “armaduras” para lidar com as situações de medo, abandono e solidão. “São medos da crítica, do fracasso, de sermos vistos como incapazes.

Ao final, Marielle Kellermann Barbosa enfatizou que “quanto mais medo temos da nossa vulnerabilidade e quanto mais nos apavoramos com isso e não hospedamos as nossas dúvidas como fazendo parte da experiência significativa da vida, mais precisaremos de figuras heroicas a nos salvar e estamos vivendo uma certa consequência dessa mente primitiva e infantil na política brasileira no momento”.

O webinar Vulnerabilidade e Saúde Mental: A exigência de sermos felizes e produtivos o tempo todo está nos adoecendo permanece disponível no canal do Sindiquinze no Youtube. Clique Aqui para assistir novamente

Inscrições para o Programa de Saúde Mental do Sindiquinze são recebidas até 14 de março

O Sindiquinze já abriu as inscrições para a nova fase do programa de Saúde Mental. Conforme divulgado no Webinar, os atendimentos de psicoterapia ocorrerão por grupos temáticos, separados entre mulheres, homens e aposentados, com reuniões semanais via plataforma Zoom.

Os interessados em obter o atendimento, devem encaminhar e-mail com nome completo, idade e telefone de contato para comunicacao@sindiquinze.org.br. A partir do envio, a psicóloga da Dynami Gabrielli Rocha entrará em contato para uma primeira triagem com o associado.

O prazo para o envio da inscrição termina no dia 14 de março.

Por Caroline P. Colombo

Baixe agora o aplicativo SINDIQUINZE para celulares Android e IOS!
Veja como é simples e rápido ter todas as notícias, serviços prestados e benefícios oferecidos pelo sindicato, em um só lugar!
Aproveite e também atualize seu cadastro pelo APP!

 

2380 12visualizações hoje

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 × 4 =