Apagão do Judiciário: Sindiquinze participa de atos pela recomposição salarial, valorização do serviço público e NS para os Técnicos

postado em: CAMPANHA SALARIAL, NOTÍCIAS | 0

Presidente Ivan Bagini também integrou a mesa de debates da audiência pública da CTASP sobre a importância da Polícia Judicial

A delegação do Sindiquinze que está em Brasília para as atividades chamadas pela Fenajufe para o Apagão do Judiciário participou, na manhã desta quarta-feira (03), de dois atos no Congresso Nacional.

O primeiro aconteceu logo pela manhã, quando Sindiquinze e os demais servidores de todo o país pressionaram os parlamentares em favor do Nível Superior (NS) para os Técnicos e para a inclusão da previsão orçamentária de recomposição salarial dos servidores públicos na Lei Orçamentária Anual (LOA).

Em seguida, a mobilização foi no plenário 12 da Câmara dos Deputados, em defesa do Serviço Público e da Democracia.

No início da tarde, a delegação participou de um novo ato pela recomposição salarial dos servidores do Judiciário, NS e pela correção da Indenização de Transporte dos Oficiais de Justiça. A atividade é a principal do movimento e acontece na frente do Supremo Tribunal Federal. O objetivo é chamar a atenção do ministro Luís Fux para o envio do reajuste emergencial na previsão orçamentária de 2023.

AUDIÊNCIA PÚBLICA NA CTASP

Na tarde desta terça (02), o presidente Ivan Bagini integrou a mesa de convidados para a audiência pública sobre a Importância da Polícia Judicial, promovida pela Comissão de Trabalho, Administração e Serviço Público (CTASP) da Câmara.

Representando a Fenajufe, Ivan apresentou um comparativo sobre o surgimento e a evolução do cargo, a partir da Lei nº 973/1949. O dirigente também pontuou a necessidade da regulamentação da Polícia do Judiciário, pelo Poder Legislativo, e a retirada do limite de 50% para a concessão do porte de arma, com a atribuição do caráter funcional a esse porte em todo o território nacional.

Além do presidente do Sindiquinze, participaram da audiência pública o Desembargador do TJSP, Dr. Edison Brandão; o Agente de Polícia Judicial do STF, Igor Mariano; o ex-conselheiro do CNJ Mário Guerreiro; o deputado Mauro Nazif (PSB/RO); o secretário de segurança do Supremo Tribunal Federal, Marcelo Schettini e o presidente da AGEPOLJUS Roniel Andrade.

Por Caroline P. Colombo

Baixe agora o aplicativo SINDIQUINZE para celulares Android e IOS!
Veja como é simples e rápido ter todas as notícias, serviços prestados e benefícios oferecidos pelo sindicato, em um só lugar!
Aproveite e também atualize seu cadastro pelo APP!

273 5visualizações hoje

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

treze − 4 =