Empréstimos consignados: CSJT decide aumentar número de parcelas

postado em: NOTÍCIAS | 0

Em sessão realizada na tarde desta sexta-feira, o Conselho Superior da Justiça do Trabalho (CSJT) aprovou alteração na resolução 199/2017 para aumentar de 120 para 144 o número de parcelas para empréstimos consignados em folha de pagamento de servidores, magistrados e beneficiários de pensão.

Em 2020 a mesma resolução já havia sido alterada para excluir a contribuição para planos de saúde da margem consignável dos servidores da Justiça do Trabalho. Com a mudança, apesar de mantida a margem de 35%, a medida ampliou indiretamente os valores para consignação por viabilizar a retomada voluntária do pagamento automático de planos de saúde para aqueles servidores que já tinham comprometido o seu limite e estavam efetivando as contribuições via boleto bancário.

“A necessidade da dilação da margem dos empréstimos consignados expõe uma questão grave relativa à corrosão do poder de compra dos nossos servidores, fruto da alta da inflação e da não reposição dos vencimentos. Neste sentido, recebemos a notícia com um certo alívio, porém, atentos à gravidade dos fatos”, destaca o Presidente do Sindiquinze, Ivan Bagini.

Por Antonio Pecht. Jr. 

Baixe agora o aplicativo SINDIQUINZE para celulares Android e IOS!
Veja como é simples e rápido ter todas as notícias, serviços prestados e benefícios oferecidos pelo sindicato, em um só lugar!
Aproveite e também atualize seu cadastro pelo APP!

393 1visualizações hoje

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 + 5 =