“Agulhas Solidárias”: material estará à venda neste sábado no Armazém do Campo do MST

postado em: NOTÍCIAS, SOLIDARIEDADE | 1

As peças feitas pelo grupo “Agulhas Solidárias”, formado a partir da Roda de Crochê do Sindiquinze, estarão à venda neste sábado, dia 10 de dezembro, no Armazém do Campo do MST e Rede Livres, em Barão Geraldo, distrito de Campinas. O dinheiro arrecadado será destinado à Cozinha Solidária do Jd. São Marcos e a entidades assistenciais da cidade.

As artistas produzem peças lindíssimas desde bolsas, carteiras, chapéus, toucas, meias e cachecóis, seguindo as últimas tendências da moda, até tapetes, mantas e sousplats, para deixarem a casa mais bonita e confortável.

O grupo de voluntárias teve início em 2021, por meio do Núcleo de Solidariedade do Sindiquinze, e já produziu centenas de peças que foram doadas a entidades assistenciais ou diretamente para pessoas carentes da região de Campinas. Este ano as artistas enviaram também 80 toucas ao Hospital de Amor, que trata pacientes com câncer em Barretos, interior de São Paulo.

O Armazém do Campo do MST é um espaço agroecológico que vende apenas alimentos orgânicos oriundos de projetos de Reforma Agrária Popular e Agricultura Familiar. Funciona de segunda a sábado, das 10h às 17h, na Rua Agostinho Pattaro, 145, Barão Geraldo, em Campinas.

Já no outro sábado, dia 17, também a partir das 10h, as peças estarão à venda no espaço Solo da Cultiva, que fica na Avenida Martin Afonso, 264, Parque Taquaral, em Campinas.

Não perca estas duas oportunidades de adquirir peças lindas, com acabamento perfeito, e ainda ajudar diversos projetos e comunidades campineiras como Menino Chorão, Buraco do Sapo, Jardim São Marcos, Tive Fome, Missão Vinde e Marielle Vive.

Por Antonio Pecht. Jr. 

Baixe agora o aplicativo SINDIQUINZE para celulares Android e IOS!
Veja como é simples e rápido ter todas as notícias, serviços prestados e benefícios oferecidos pelo sindicato, em um só lugar!
Aproveite e também atualize seu cadastro pelo APP!

1213total visits,1visits today

  1. Dulcinéia Marcolin Felipe

    Bom dia. Lindo trabalho do Núcleo de Solidariedade. Fico muito feliz em ver a atuação de pessoas dispostas a melhorar a qualidade de vida dos irmão que precisam.
    Gostaria muito de participar desse grupo.
    Poderiam dizer se há possibilidade da minha participação.
    Obrigada.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

onze + 5 =